Conheça os 5 tipos de martelos mais usados em reformas

Na hora de instalar ou reformar móveis de casa, ter um martelo em mãos é essencial, conheça os tipos mais indicados

339 Visualizações

O martelo é uma das ferramentas manuais mais conhecidas no mundo, em toda caixa de ferramentas que se preze, há pelo menos um exemplar dele. Você sabia que existem diversos tipos de martelos e cada um tem uma finalidade especial?

 

Apesar de terem a característica comum do formato, todos os martelos são em “T”, eles podem ser fabricados de materiais diferentes. Os martelos são utilizados em diversas circunstâncias, há modelos feitos para uso na medicina, em esportes, na cozinha, em indústrias e em muitos outros espaços. Nesse texto vamos explorar os principais martelos utilizados na construção civil e na carpintaria.

 

Martelo Unha

 

O martelo unha é o tipo mais comum, encontrado em praticamente todas as casas. Esse tipo de martelo é ideal para a fixação de pregos em superfícies diversas. O martelo unha geralmente tem entre 18mm e 34mm de diâmetro.

 

O principal diferencial do martelo unha é que ele tem uma fenda no lado oposto da cabeça, que serve para ajudar na retirada dos pregos, além disso, a “unha” pode facilitar a abertura de caixas e caixotes. Por ter um formato parecido com o pé de cabra, ele ajuda a forçar aberturas.

 

Martelo de estofador

 

O martelo de estofador é um tipo menor que o modelo de unha. A principal finalidade dele é fixar pregos mais finos, tachinhas e pinos, especialmente em madeira. Ele tem esse nome porque é muito utilizado por profissionais que consertam móveis e estofados.

 

Este martelo é mais leve e pode-se utilizar sua cabeça, que é mais achatada, para fixar pregos menores.

 

Martelo Pena

 

Assim como o martelo de estofador, o pena é indicado para a fixação de pinos, tachas e pregos finos. A diferença é que ele é ainda mais leve.

 

O martelo pena também é indicado para a conformação de superfícies metálicas, muito utilizado em serviços de mecânica. O lado pena do martelo é indicado também para a formar vincos e dobras no metal.

 

Martelo de pedreiro

 

O martelo de pedreiro é um tipo especial de ferramenta utilizada para assentar e partir tijolos. Esse tipo de martelo tem um lado da cabeça bem fino, que permite repartir os tijolos sem destruí-los, e outro lado parecido com os martelos comuns.

O martelo de pedreiro também serve para dar forma às pedras e outros materiais utilizados na construção civil. Pode não ser o modelo de martelo ideal para se ter em casa, mas é essencial na caixa de ferramentas de um profissional.

 

Martelo de borracha

 

O martelo de borracha também é um modelo mais recomendado para profissionais da construção civil. A borracha ou nylon, materiais com os quais se produzem as cabeças desse tipo de martelo, ajudam na fixação de objetos mais delicados.

 

Na hora da colocação de pisos ou vidros, o martelo de borracha é essencial para um trabalho bem feito, sem danificar o material. Também é muito comum ser utilizado na montagem de móveis. Esse tipo de martelo é o mais recomendado para ajustes de materiais sensíveis, como a cerâmica, por exemplo.

 

Atenção para a anatomia do martelo

 

Além de escolher a cabeça certa para o uso que se fará do instrumento, é necessário ter em mente outros detalhes na hora de selecionar o melhor tipo de martelo. Os cabos, por exemplo, podem ser feitos de madeira, plástico ou acrílico. O martelo de aço, segundo o Inmetro, deve ser fabricado com o cabo 100% de madeira, além de ter ausência de cascas, rachaduras ou pontos afetados por insetos. Também deve ser usinado e envernizado.

 

Ao comprar a ferramenta, é importante verificar essas especificações como garantia do produto. Já na cabeça do martelo deve-se observar se há algum defeito como trincas, porosidade ou rebarbas. A superfície deve estar polida e protegida com verniz ou anticorrosivo.

 

Quando é feita a compra do cabo separadamente, devido a alguma rachadura na peça original, é importante levar a cabeça do martelo junto até a loja, pois, é a partir do cabo que é feita a medição da cabeça. Então nem toda cabeça pode ser usada com um cabo universal, por exemplo.

 

Não esqueça que, além de trazer segurança, a escolha certa do martelo utilizado não é mero capricho, mas a determinação do resultado da obra.

 

Dicas para qualquer tipo de martelo

 

Independente do martelo escolhido para a sua necessidade, é importante saber como manuseá-lo.

 

Uma dica é segurar sempre perto do final do cabo, permitindo que a ferramenta fique segura e exija menos esforço. Para trabalhos delicados é importante não golpear demais o prego. Neste caso é bom usar um punção, que é um material para deixar os pregos no nível da superfície.

 

Outra dica é conferir a ferramenta antes de começar a usar, pois um martelo danificado pode trazer muitos estragos. Verifique se o cabo e a cabeça estão firmes.

Ao utilizar o martelo ou qualquer outra ferramenta é fundamental o uso de equipamento de proteção individual (EPI) a fim de garantir a segurança do usuário, seja ele amador ou profissional.

 

A arte de martelar vem com o tempo, a partir da tentativa e erro. Não tenha medo de errar e encontre o melhor modo de trabalho para cada um dos seus projetos.

 

Se você está pensando em construir ou reformar um espaço em sua casa, não hesite. Aqui no Balaroti você encontra todos os tipos de martelos e outros materiais de construção com os melhores preços do mercado e condições de pagamento que cabem no seu bolso! Aproveite. Se você ainda está com alguma dúvida sobre os tipos de martelos, deixe sua pergunta nos comentários.